Tendências para o mercado de movimentação de cargas em 2019

postado em: Notícias | 0

O mercado de equipamentos de movimentação de cargas tem registrado no último ano uma tendência clara de crescimento, apesar dos esforços das empresas em reduzir as despesas. De fato após a crise iniciada em 2014, e que teve um forte impacto durante os anos de 2015 a 2017, as empresas que comercializam este tipo de equipamentos/serviço conseguiram adaptar  seus modelos de negócio e responder às novas oportunidades que emergiram da crise econômica.

Conceitos como intra-logística (logística interna na própria organização) ganharam uma compreensão nunca antes vista nas empresas graças à necessidade de processos mais eficientes, melhor gestão de estoques para reduzir investimentos e desperdícios, contrabalançando assim a redução das margens de negócio e estagnação generalizada das vendas, o que trouxe necessidade da maximização da racionalidade dos processos logísticos por forma a gerar um aumento da competitividade das empresas quer a nível interno como externo.

Este cenário marcou profundamente as tendências para o ano de 2019 no mercado de movimentação de cargas, que soube responder em várias frentes. Vejamos por exemplo o aumento das soluções automatizadas com equipamentos sem condutor e/ou com sistemas de navegação com o consequente aumento da produtividade e a redução dos custos operacionais humanos que representam sempre um peso significativo no investimento. Também nesse âmbito aumenta a integração dos equipamentos com os programas de gestão de armazenagem para uma gestão em tempo real, deixando o equipamento de carga de ser apenas um veículo condutor da carga e passando a estar integrado na gestão da mesma. Outra tendência com forte crescimento passa pela implementação de novos processos como a substituição de equipamentos tradicionais por comboios logísticos que permitem reduzir significativamente os tempos de estocagem e o número de equipamentos necessários, seja no canteiro de obras ou parques industriais.

Uma outra tendência é o aumento da oferta de sistemas de gestão de frotas para locadores que conhecem uma forte adesão e o interesse das grandes empresas que vêem aí a ferramenta ideal para gerir de forma eficaz a frota de equipamentos ao mesmo tempo que proporcionam maior segurança e redução de custos através do controle de impactos e consequente diminuição de acidentes e danos em pessoas, máquinas e cargas.

É por tudo isto que se espera que até 2020, estas tendências marquem o passo de um crescimento sustentável para as empresas que operam como fornecedoras de equipamentos de movimentação, dentro do potencial existente na modernização das frotas das empresas que olham cada vez mais para estes equipamentos como um recurso fundamental integrado nos seus processos logísticos.

Deixe uma resposta